Moda Fashion Indiana - A mais de 45 anos e tradição e qualidade.


 

A Culinária Indiana

A Culinária Indiana

A “comida indiana” é, de fato, uma coleção das distintas culinárias regionais dos vários povos que habitam a Índia.  Apesar de ser caracterizada por muita diversidade, tem algumas tendências gerais na maioria das culinárias indianas.

Comida indiana

Uma grande parte da gastronomia indiana toma a forma de “curry”, pedaços de carne, legumes, verduras, ou outros alimentos temperados – tipicamente em um molho temperado. (Na verdade, a palavra “curry” originalmente denominou o molho mesmo.)  O “pó de curry” que se encontra no ocidente é uma criação recente que não é indiana, mas que foi inspirada pelas várias misturas de especiarias que são comumente utilizados na Índia – garam masala é a mistura mais famosa do norte, enquanto a mistura utilizada para preparar o condimento sambar se destaca no sul.

Um curry de camarões - comida indiana

Um curry de camarões

Muito comum também é o thali, um prato grande com várias tigelinhas pequenas em que são colocados curries de legumes e verduras, dal (lentilhas), coalhada, molhos, e mais.  Vem com um monte de arroz no meio do prato; no norte do país, é comum ter pães também.  O thali é muito popular na Índia por oferecer uma variedade de comidas em um prato só, geralmente por um preço econômico.  Em alguns lugares, as porções são ilimitadas – assim que a pessoa chega ao fundo de uma tigelinha, os garçons já estão na mesa para encher de novo!  Os thalis de Gujarat são famosos no país inteiro, mas também tem thalis no sul do país, em Rajasthan, e em outras regiões.

A comida que os indianos comem geralmente é muita temperada, aproveitando da riqueza de especiarias e ervas que se encontram no país.  Entre as especiarias indianas mais comuns estão: açafrão, assafétida, canela, cardamomo, coentro, cominho, cravo, cúrcuma, erva-doce, gergelim, hortelã, louro, macis, mostarda, noz-moscada, pimenta branca, pimenta preta, e tulsi (um tipo de manjericão indiano). Alho, gengibre, coco, tamarindo, e vários tipos de chilis também estão entre os temperos indianos predominantes.

Temperos indianos frescos no mercado

Temperos frescos no mercado

Alguns estrangeiros acham que toda comida indiana é picante, e é verdade que tem muitíssima comida picante na alimentação indiana, mas isso varia muito entre as diferentes regiões do país – a comida típica da cidade de Hyderabad geralmente é muito picante, por exemplo, enquanto a comida típica do estado de Gujarat é mais doce, frequentemente utilizando um tipo de rapadura (jaggery) até nos pratos de legumes.  Na maioria do país, tem uma variedade de pratos picantes e não picantes, mas quase todos generosamente temperados – muito mais que a comida brasileira.  Mesmo os pratos indianos sem pimenta geralmente são muito fortes por causa da quantidade e intensidade dos outros temperos.

Os indianos comem sempre com a mão direita (nunca a esquerda), geralmente utilizando pão (no norte) ou arroz (no sul) como “talher”. A mão esquerda é utilizada para coisas “sujas” – então nunca se usa para comer.

No norte, a pessoa usa o polegar e os dedos da mão direita para separar um pedaço do pão, e depois usa esse pedaço de pão para pegar os pedaços de carne, legumes, etc.  Os pães indianos são achatados – os mais comuns no norte são rotichapatinaan, e paratha.  Nos restaurantes, é comum para todos na mesa dividirem toda a comida, cada um colocando um pouco de cada coisa nos seus pratos para comer com os pães.

Preparando um dosa (comida do sul da Índia)

Preparando um dosa

No sul, a pessoa usa os dedos da mão direita para fazer uma bolinha de arroz com os legumes, molhos, iogurte, etc., e coloca essa bola direto na boca.  Também muito comum na gastronomia do sul é o dosa, um tipo de crepe que pode ser feito de vários grãos diferentes e recheado com misturas ou simplesmente molhado com sambar(um condimento ralo que pode ser comido coma sopa também) e/ou chutney (uma classe de molhos que são comuns em várias regiões do país, feitos de tomate, coco, hortelã, ou outras ervas).  Os dosas são comidos do mesmo jeito que os pães indianos – separando um pedaço com a mão direita, e usando isso para pegar o um pouco do recheio e/ou molho.

Mesmo assim, quem viaja pela Índia vai achar talheres ocidentais (garfo/faca/colher) nos restaurantes com frequência, pois os indianos também comem alguns pratos assim – sopas e sobremesas, por exemplo (mas quase nunca os curries ou dosas).  Se não tiver talheres na mesa, pode pedir e eles trazem!

Samosas e outros salgados indianos

Samosas e outros salgados indianos

A Índia é o país com a maior taxa de vegetarianismo no mundo (entre 20-40% da população); a religião hindu tem muita influência nisso.  Tem muita variação entre as várias comunidades da Índia – o vegetarianismo é menos comum nos estados do litoral, no nordeste, e entre os muçulmanos do país inteiro, e mais comum entre os jains e os brâmanes, por exemplo.  Em todo caso, quase todos os restaurantes do país têm ao menos opções vegetarianas – e muitos restaurantes são só vegetarianos.

A vaca é sagrada na religião hindu, então a carne de boi não é muito comum na Índia – as carnes mais comuns são as de frango e cabra.  Peixe e camarão também são muito populares, sobretudo nas regiões litorâneas do país, como Kerala, Goa, e Bengala Ocidental.  A carne de porco não é muito comum na maioria da Índia – os hindus acham o porco um animal sujo e os muçulmanos também não comem.  Carne de boi é comum só no estado de Kerala, em alguns estados do nordeste, e nas comunidades muçulmanas do país inteiro.